ARTIGO | A Vida como Voluntário Internacional da JMV

postado em: Artigos | 0
Os planos de Deus são perfeitos. Ele faz tudo no tempo certo, nós é que queremos fazer tudo da nossa maneira. Quando Deus coloca algo em nossas vidas temos que estar preparados para dar o SIM. E foi através dessa resposta que desde dezembro de 2015 faço parte da equipe do Secretariado Internacional da Juventude Mariana Vicentina (JMV), na Espanha.

24232594_1661386257225047_3843169611377587048_n

O Secretariado Internacional foi criado em 1999 com o objetivo de organizar a I Assembleia Geral Internacional da JMV, além de animar e apoiar à JMV nos distintos países. É formado por 4 jovens laicos, membros da JMV, que se entregam à Associação por três anos, de maneira voluntária. Um padre e uma Filha da Caridade também compõem a equipe.

Estar como voluntário da JMV é fruto de muita oração. Em um primeiro momento, quando recebia os e-mails da busca de voluntário, não dava importância, já que não era o meu plano de vida. Os prazos foram prorrogados e foi aí que Deus começou a tocar meu coração. Uma frase que me acompanhou neste período foram às palavras do Papa Francisco na JMJ Rio de 2013, que ainda segue viva em mim: “Ide, sem medo, para servir”. Rezei e pedi orações para que fosse feita a vontade de Deus, não a minha. E aqui estou.

Não é fácil deixar família, amigos, trabalho, projetos de vida para se entregar a esta missão, mas não me arrependo. Tenho visto Deus atuando em muitos momentos, ao cuidar das pessoas que amo enquanto estou longe de casa. Isso me deixa tranquilo para poder dar o melhor de mim para a JMV.

Aqui no Secretariado Internacional sou responsável por fazer a comunicação e animação dos países de língua portuguesa onde tem a JMV. É muito bonito ver a dimensão internacional da Associação ao partilhar com os demais voluntários a vivência da JMV nos diferentes países. É enriquecedor para mim como membro da Associação e também como experiência de vida.

Audiência da Família Vicentina com o Papa Francisco no Vaticano - Outubro de 2017
Audiência da Família Vicentina com o Papa Francisco no Vaticano – Outubro de 2017

Dou graças a Deus por tudo que Ele tem feito em minha vida. Estar como voluntário da JMV é uma benção e agradeço por tudo que tenho vivido aqui. Tenho crescido muito como pessoa e espiritualmente, tentando colocar meu grãozinho de areia para que a Associação continue crescendo. Animo aos jovens que se sentirem chamados à essa missão, para que não tenham medo. Atrevam-se!

20108507_1533416410022033_3120291972790582459_n

 

André Peixoto

Voluntário de Língua Portuguesa do

Secretariado Internacional da JMV